TRT do Paraná terá nova desembargadora

28 de junho de 2022 / 18:51

Em sessão realizada no dia 27 de junho, o Tribunal Pleno do TRT-PR definiu lista tríplice para vaga decorrente da aposentadoria do desembargador Francisco Roberto Ermel. O  critério da promoção é o de merecimento. Foram aprovados os nomes das seguintes juízas (em ordem de pontuação): Janete do Amarante (16ª Vara do Trabalho de Curitiba), Sandra Mara Flügel Assad (12ª Vara do Trabalho de Curitiba) e Valéria Rodrigues Franco da Rocha (23ª Vara do Trabalho de Curitiba). A lista será encaminhada à Presidência da República, a quem cabe a nomeação.

A sessão também foi marcada por ter sido a primeira que contou com a participação da Desembargadora Odete Grasselli, empossada no dia 16 de maio. O Tribunal Pleno decidiu, ainda, que a magistrada passará a integrar o Órgão Especial, substituindo o desembargador Luiz Alves.

Aposentadoria

Na sessão do Órgão Especial do TRT, foi deferido o pedido de aposentadoria da desembargadora Sueli Gil El Rafihi. Os colegas desembargadores parabenizaram a magistrada e elogiaram a sua trajetória.

Sueli Gil El Rafihi nasceu em Rolândia (PR), graduou-se em Direito (1978) e se especializou (1980) pela Universidade Estadual de Londrina. Foi servidora do Tribunal de Justiça de Rondônia, de 1983 a 1986, quando foi aprovada em concurso para a magistratura no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Em 1995, entrou na magistratura do Trabalho, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas). No ano seguinte, foi empossada como juíza substituta na 9ª Região (PR). Promovida para juíza presidente da Junta de Conciliação e Julgamento de Umuarama em 1993, atuou, na sequência, nas Varas do Trabalho de Cianorte, Jaguariaíva, Ponta Grossa e Castro. Em 2001, foi promovida a juíza togada do TRT-PR, posto que hoje corresponde ao de desembargadora federal do Trabalho. Atuou como convocada no Tribunal Superior do Trabalho, por dois períodos, em 2014, e atualmente integra a 6ª Turma de Julgamento do TRT do Paraná.