Retorno das atividades presenciais no TRT-PR não deve ocorrer antes de 15 de agosto

17 de julho de 2020 / 21:48

O presidente do TRT do Paraná, desembargador Sergio Murilo Rodrigues Lemos, comunicou o adiamento do retorno das atividades presenciais da Instituição, que permanecerão suspensas ao menos até o dia 15 de agosto de 2020.

A decisão foi tomada com base nas informações prestadas pelo Observatório Covid-19/TRT9, grupo de trabalho instituído para opinar sobre o conjunto de procedimentos administrativos, técnicos e jurídicos necessários para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O Observatório conta com a participação de representantes da AMATRA IX, Ministério Público do Trabalho, OAB e SINJUTRA, além de magistrados, servidores.

O grupo acompanha um estudo que trata dos cuidados de saúde necessários para a retomada gradual das atividades presenciais, considerando a realidade das instalações jurisdicionais e administrativas de 1º e 2º graus do TRT-9. A área de saúde do Regional é responsável pela elaboração do material.

(Fonte: Ascom TRT-PR)