Recuperar Senha

Meninos de 4 Pinheiros conhecem a Justiça do Trabalho

26 de junho de 2015 / 12:17

DSC_0919_b

Os meninos conheceram o Plenário Pedro Ribeiro Tavares, no TRT-PR

Trinta crianças e adolescentes, entre 9 e 17 anos, da Fundação Educacional Meninos de Rua Profeta Elias, mais conhecida como Chácara Meninos de 4 Pinheiros, tiveram a oportunidade de conhecer de perto como funciona a Justiça do Trabalho. As visitas ocorreram nos dias 18 e 23 de junho no TRT da 9ª Região, como parte do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC) – iniciativa da Anamatra coordenada pela Amatra IX no Paraná.

Acompanhados pela diretora de Direitos Humanos, Cidadania e Assistência Social da Amatra IX, Rosalie Michaele Bacila Batista, pelos integrantes da Comissão de Responsabilidade Social da entidade, Flávia Daniela Gomes, Zeno Simm e Márcio Gaspki, e pela associada Karina Amariz Pires, os meninos percorreram as dependências do Tribunal e do Fórum Trabalhista de Curitiba, assistiram a sessões de julgamento nas Turmas e a audiências nas Varas do Trabalho.

Durante a visita, os magistrados responderam dúvidas dos jovens a respeito das demandas de conflitos trabalhistas e reivindicação de direitos na Justiça. Também conversaram com os garotos sobre a carreira da Magistratura. “É gratificante oportunizar esse tipo de experiência, especialmente para esses meninos que, em sua maioria, foram resgatados das ruas em situação de grave vulnerabilidade. Acho que o mais importante é mostrar que eles podem ter a chance de crescer com estudo e trabalho”, avalia a desembargadora Rosalie Batista.

Lucas F., de 17 anos, conta que a visita alimentou sua esperança de ingressar em uma faculdade de direito. “Foi muito legal saber mais sobre o trabalho do juiz, é um sonho. Vou continuar com os estudos para poder um dia trabalhar no Tribunal”, revelou o jovem que está terminando o ensino médio no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos – CEEBJA Paulo Freire, na capital paranaense.

A Fundação Educacional Profeta Elias é uma organização não governamental localizada em Mandirituba, Região Metropolitana de Curitiba, que atende 80 crianças e adolescentes em situação de grave vulnerabilidade social. Em 2014, a Amatra IX firmou convênio com a instituição, que passou a receber contribuições mensais dos associados da entidade para a realização de programas educacionais.

Os jovens acolhidos pela chácara tiveram o primeiro contato com o Programa TJC em março deste ano, quando receberam as cartilhas do trabalhador em quadrinhos, além de informações sobre direitos trabalhistas e segurança no trabalho.

Veja mais fotos aqui.

VisitaTJC_meninos de toga

DSC_0951_b

Visista TJC_sessao des Cassio Colombo Filho

VisitaTJC_visita vts