Recuperar Senha

Magistrados, procuradores do Trabalho, advogados e professores de Direito da UFPR fazem balanço do primeiro ano da Reforma Trabalhista

14 de novembro de 2018 / 15:42

Nos dias 8 e 9 de novembro, a Amatra IX, a Associação dos Advogados Trabalhistas do Paraná (AATPR), a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e o Ministério Público do Trabalho do Paraná promoveram o I Colóquio sobre Reforma Trabalhista. O evento teve como objetivo discutir as mudanças na CLT introduzidas pela Lei nº 13.467/2017, em vigor desde 11 de novembro do ano passado. Veja mais fotos aqui.

“A ideia era fazer uma reflexão aprofundada sobre a aplicação da nova legislação e para isso reunimos advogados, magistrados, procuradores do Trabalho e professores do Curso de Direito da UFPR, contando ainda com expressiva participação de acadêmicos e sindicalistas na plateia. Esse formato pluriinstitucional certamente contribuiu para o sucesso do evento, além da relevância dos temas abordados e do alto nível dos debatedores convidados”, avalia a presidente da Amatra IX, Camila Gabriela Greber Caldas, que integrou a coordenação científica do colóquio.

A cerimônia de abertura foi realizada na noite de quinta-feira (8), no Salão Nobre da UFPR, seguida de palestra proferida pela presidente do TRT da 9ª Região, desembargadora Marlene Teresinha Fuverki Suguimatsu. A magistrada fez um balanço das modificações legislativas após um ano da reforma da trabalhista.

Os debates ocorreram no auditório do MPT-PR ao longo de sexta-feira (9), com painéis temáticos que trataram de questões como custas, sucumbência, liquidação de pedidos, o direito do trabalho sob a ótica da jurisdição trabalhista e da jurisdição constitucional e, por fim, o direito coletivo do trabalho na perspectiva do negociado x legislado.

Participaram dos colóquios o diretor Financeiro da Amatra IX, Roberto Dala Barba Filho, o desembargador Luiz Eduardo Gunther, ex-presidente da Amatra IX, o desembargador Célio Horst Waldraff, a associada Vanessa Karam de Chueiri Sanches e a desembargadora Thereza Cristina Gosdal.

Encerrando a programação do evento, o jurista Manoel Antonio Teixeira Filho, ex-presidente da Amatra IX, ministrou palestra com o tema “Exigência legal de formulação de pedidos líquidos e adoção do princípio da sucumbência em matéria de honorários advocatícios – A Lenda do Imperador Penetra a Realidade”.

O colóquio foi transmitido ao vivo pelo Facebook e está disponível nas páginas do MPT-PR e da Amatra IX. Para assistir, acesse: www.facebook.com/amatra9