Recuperar Senha

Juíza Paula Wandelli é promovida e assume a titularidade da 2ª Vara do Trabalho de Foz do Iguaçu

06 de agosto de 2018 / 19:17

A juíza Paula Regina Rodrigues Matheus Wandelli assumiu a titularidade da 2ª Vara do Trabalho de Foz do Iguaçu. A magistrada foi promovida pelo critério de merecimento, em processo decorrente da aposentadoria da juíza Nancy Nancy Mahra de Medeiros Nicolas Oliveira. O ato de posse foi realizado na última sexta-feira (03/8).

Ao parabenizar a magistrada, a presidente da Amatra IX, Camila Gabriela Greber Caldas, destacou o início da carreira da colega, em 2007, no TRT da 9ª Região. “A Paula e muitos colegas de seu concurso nasceram em outro Estado, mas decidiram transformar o Paraná no seu novo lar. E, em cada um dos lugares que passou, foi aumentando a sua família paranaense, porque ela é assim: uma pessoa agregadora, sempre cercada de amigos”, disse a dirigente associativa

A presidente da Amatra IX também enfatizou que a associada construiu ao longo do anos uma forte relação de parceria com os titulares que trabalhou. “E não seria diferente, considerando que a Paula sempre foi uma juíza extremamente laboriosa, devidamente reconhecida com a sua promoção por merecimento”, afirmou.

Sobre a nova etapa da trajetória profissional da colega, a presidente Camila Caldas ressaltou que se trata de um ato de coragem porque a decisão envolve todos os desafios de ser juíza, mas também de ser esposa, mãe, filha, amiga e mulher. “Sei que você dará o seu melhor para exercer com sabedoria e independência a profissão que escolhemos e que temos muito orgulho de exercer”, ressaltou a presidente da Amatra IX.

“Fui criada em uma família matriarcal, onde quatro mulheres – Maria Coelho, minha bisavó, Maria de Lourdes, minha avó, Rita Helena, minha madrinha, e Regina Helena, minha mãe -, mostraram-me desde cedo o valor do trabalho e a importância de o trabalho fazer sentido nas suas vidas”, frisou a juíza Paula Wandelli em seu discurso de agradecimento.

Segundo a magistrada, a apreensão de ficar longe de familiares e amigos sentida em 2007 foi breve. “A angústia não durou um mês. E tudo porque fui tão bem recebida por esta casa, onde Presidência, Corregedoria, Escola Judicial e demais colegas abriram suas portas, dando todo o apoio que um juiz iniciante na carreira necessitava”, lembrou.

A respeito do futuro, a juíza Paula Wandelli disse estar pronta para os novos desafios que a jurisdição de Foz do Iguaçu trará. “Ser juiz do trabalho é cuidar e contribuir para o viver melhor de todos que ganham os seus dias com o labor”, disse. E finalizou: “Diariamente, mesmo diante da pressão por metas e produtividade, proponho-me a não deixar o sentido dessa missão de cuidado pelo outro se perder”.

A solenidade de posse foi conduzida pela presidente do Tribunal, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu. Também compuseram a mesa de honra o procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho, Gláucio Araújo de Oliveira, e a advogada Carolina Garcia Luchi da Rocha Pombo, representando a OAB-PR e a Associação dos Advogados Trabalhistas do Paraná (AATPR).

A nova juíza titular recebe a toga das mãos de sua mãe, Regina Helena Rodrigues Gonçalves, e do marido, o também juiz do trabalho Leonardo Vieira Wandelli

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O pequeno Vinícius Rodrigues Wandelli ao fazer uma homenagem especial para a sua mãe

A presidente da Amatra IX, Camila Caldas, e a nova juíza titular do TRT-PR, Paula Wandelli