Anamatra mantém mobilização pela aprovação do PL dos Subsídios

15 de julho de 2008 / 17:19

(14/07/2008 – 16:30)

Diretores da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e representantes de diversas AMATRAS continuam mobilizados pela aprovação do Projeto de Lei Nº 7.297/06 (PL dos Subsídios), na Câmara dos Deputados. Novas visitas aos líderes partidários foram feitas ao longo da semana, em continuidade dos trabalhos iniciados semana passada.

Os deputados Gilmar Machado (PT-MG), vice-líder do Governo no Congresso, e Marco Maia (PT-RS) enfatizaram a importância do trabalho de convencimento feito pelos magistrados junto ao Congresso, sem prejuízo da necessária intermediação por parte do Supremo Tribunal Federal.
A senadora Roseana Sarney (DEM-MA) foi contatada pelo representante da Amatra XVI, juiz James Magno, tendo ela prometido o engajamento ao andamento do projeto.
 
Os juízes Renato Henry Sant’Anna, diretor de Assuntos Legislativos da Anamatra; André Cavalcanti, presidente da Amatra XIII; Adriano Dantas (Amatra XIII) e Hugo Melo (Amatra VI e ex-presidente da Anamatra) estiveram com o ministro José Múcio Monteiro, das Relações Institucionais, para tratar do tema e tentar sensibilizar o Governo quanto à necessidade de aprovação do Projeto de Lei. “O Ministro demonstrou compreensão quanto à necessidade de preservação do valor do teto moralizador, sinalizando interesse na aprovação do projeto”, destaca Renato Henry Sant’Anna.
 
Da mesma forma, a presidente da Amatra XI e diretora de Comunicação da Anamatra, Eulaide Lins, obteve do secretário de Reforma do Judiciário, Rogério Favreto, o compromisso de manter contato com lideranças no Governo no sentido de tentar dar prosseguimento ao projeto de lei. Em contato com o presidente da Amatra VII, Germano Siqueira, o deputado Sarney Filho (PV-MA), comprometeu-se a fazer contatos com outros deputados e lideranças para que o projeto de lei possa ser pautado.
 
”Como visto, os contatos têm sido frutíferos e há grande possibilidade de eliminação das pontuais resistências, permanecendo os problemas da obstrução da pauta, iminência do recesso parlamentar e a proximidade das eleições municipais”, enfatiza Renato Henry Sant’Anna. O grupo de trabalho da Anamatra conta com a possibilidade de inclusão do projeto na pauta da Câmara por ocasião do esforço concentrado a ocorrer nos meses de agosto e setembro próximo.
(Fonte: Assessoria de Imprensa Anamatra)