Amatra IX participa de seminário de políticas em defesa da mulher

25 de novembro de 2019 / 20:50

A presidente da Amatra IX, Camila Gabriela Greber Caldas, participou na manhã de hoje (25/11) do Seminário de Políticas em Defesa da Mulher, na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). O evento foi organizado pela Procuradoria da Mulher da ALEP em alusão ao Dia Internacional para Eliminação da Violência contra a Mulher, com o objetivo de sensibilizar a sociedade e os agentes públicos sobre o tema.
Na oportunidade, a presidente da Amatra IX falou sobre as perspectivas sobre violência contra a mulher e as relações de trabalho. Entre outras questões, a magistrada destacou que um ambiente laboral hostil para a mulher não se restringe ao assédio sexual ou agressão física. “Em geral, a violência não evidente, ela é psicológica. As vítimas sofrem intimidação, apropriação de ideias, mansplaining e tantas outras situações de constrangimento e humilhação”, frisou Camila Caldas.
A dirigente associativa ressaltou que não existem estatísticas claras sobre a violência contra a mulher nas relações de trabalho. “Mas ela existe e ainda é silenciosa”, pontuou. Para Camila Caldas, o caminho para conter casos de violência por discriminação de gênero é discutir o tema abertamente e cobrar do poder público a devida atuação.  “A violência não é uma situação isolada na sociedade e acontece em todos os segmentos. Para alguns damos mais relevância, outros nós toleramos mais. Chegou a hora de não tolerarmos mais nada com relação à violência contra a mulher”, afirmou a presidente da Amatra IX.
Durante o seminário na ALEP também foram abordados temas como o papel da mulher na política, a importância da educação como mecanismo de enfrentamento da violência, a atuação dos órgãos públicos no atendimento às mulheres vítimas de violência.