Recuperar Senha

Amatra IX lamenta falecimento da magistrada Carmen Amin Ganem, fundadora da entidade

13 de junho de 2019 / 14:24

Lamentamos profundamente informar o falecimento da associada Carmen Amin Ganem, fundadora da Amatra IX, ocorrido na madrugada desta quinta-feira (13/06). O velório será das 10h às 17h, na capela Unilutus (Rua Benvindo Valente, 380, Curitiba/PR, ao lado do Cemitério Municipal).

Natural de Joinville (SC), Carmen Amin Ganem iniciou a carreira na Justiça do Trabalho em outubro de 1959, no extinto cargo de suplente de juiz do trabalho presidente do TRT da 4ª Região. Em 1962, foi aprovada no concurso de provas e títulos para provimento do cargo de juiz substituto no mesmo regional.

No ano seguinte, a magistrada foi promovida por merecimento ao cargo de presidente da Junta de Conciliação e Julgamento de Joinville, onde permaneceu até 27 de agosto de 1976, quando tomou posse como juíza togada do então recém-criado TRT da 9ª Região.

No TRT do Paraná, foi vice-presidente (1981-1982), presidente (1983-1984) e corregedora regional (1991- 1994), sendo a primeira mulher a assumir a direção de um tribunal no Sul do país e a segunda a exercer a presidência de um TRT.

Carmen Amin Ganem participou da fundação da Amatra IX, em 1977, e integrou a primeira diretoria da entidade, como conselheira fiscal. Em 1978, foi homenageada pelo Clube Sírio Libanês do Paraná com o troféu Destaque Feminino na Cultura. Recebeu do Instituto Paranaense de Ensino e Pesquisa, em 1981, o troféu Atualização da Mulher. Aposentou-se da Magistratura em março de 1994.

A Amatra IX manifesta solidariedade à família e amigos da estimada magistrada, neste momento de extrema dor e perda irreparável.