Agenda inteligente para audiências

17 de julho de 2008 / 15:26

19/03/08 –  A Utilização de Redes Neurais Artificiais (RNAs) para previsão do tempo de duração de audiências trabalhistas é o tema da dissertação da mestranda Alessandra Memari Pavanelli, do Programa de Pós-Graduação em Métodos de Concentração em Programação Matemática da Universidade Federal do Paraná.

O trabalho é um estudo de caso do Fórum Trabalhista de São José dos Pinhais e tem como objetivo viabilizar agendamentos “inteligentes”, possibilitando aos juízes a programação individualizada de tempo para cada audiência.

Recente diagnóstico da OAB-PR revelou que as Justiças Federal e do Trabalho são mais ágeis e eficientes, mas constatou queixas de advogados em relação a frequentes atrasos nas audiências nas Varas Trabalhistas.

Segundo o presidente da Amatra IX, Bráulio Gabriel Gusmão, que acompanhou o desenvolvimento da pesquisa com as RNAs, os resultados obtidos em testes revelaram excelentes índices de acerto, o que viabilizaria uma solução positiva no caso dos atrasos.

“Acredito que a implementação de uma ferramenta como essa contribuirá para com a melhoria da prestação jurisdicional na Justiça do Trabalho do Paraná. Para tanto, vamos gestionar junto ao TRT-PR a possibilidade de incentivo nessa área”, confirma o presidente da Amatra IX.