Recuperar Senha

3ª VT Cascavel e VT de Dois Vizinhos têm novos juízes titulares

14 de maio de 2019 / 20:02

Juízes Felipe Calvet e Fábio Palagano Francisco com a presidente da Amatra IX, Camila Caldas

Os juízes Fabio Alessandro Palagano Francisco e Felipe Augusto de Magalhães Calvet assumiram a titularidade da 3ª Vara do Trabalho de Cascavel e da Vara do Trabalho de Dois Vizinhos, respectivamente. A solenidade de posse foi realizada ontem (13/5) no Gabinete da Presidência do TRT, em Curitiba.
Em seu discurso, Fábio Palagano Francisco destacou a importância de familiares e amigos em sua vida, em especial sua esposa Alessandra e os filhos quadrigêmeos, e compartilhou sua expectativa diante do novo cenário na vida profissional. “Foram 18 anos como servidor e magistrado e eu sei que tenho alguma experiência para passar, assim como sei que tenho a aprender também com a nova equipe”, afirmou.
Felipe Calvet mencionou os desafios da carreira e revelou que por muito tempo pensou em permanecer como juiz substituto, mas que agora vê a possibilidade de defender melhor a Justiça e a Magistratura do Trabalho na condição de Juiz Titular. “Eu continuo honrando a minha toga, a Justiça do Trabalho da 9ª Região, e continuarei trabalhando com sorriso no rosto, mesmo diante de adversidades”, expôs o magistrado, que integra a Comissão Legislativa da Anamatra.
Ao parabenizar os associados pela promoção, a presidente da Amatra IX, Camila Gabriela Greber Caldas, enalteceu a trajetória dos novos juízes titulares e pontuou a necessidade de se discutir a carreira. “A Justiça do Trabalho não comporta mais essa situação de juízes substitutos por 10, 15 anos, cuja promoção significa dar um passo distante da família e amigos. Acho uma reflexão oportuna neste momento em que se fala de reestruturação da Justiça do Trabalho”, disse a dirigente.
A presidente do TRT-PR, desembargadora Marlene Suguimatsu, finalizou a cerimônia de posse destacando que os mais modernos juízes titulares pautaram suas carreiras pelo respeito às instituições e a seus integrantes. “Levem às populações de Cascavel e Dois Vizinhos a boa palavra da Justiça, não apenas individual, mas principalmente da justiça social. Nesses seus novos percursos, mesmo se algum desânimo surgir, acreditem na função transformadora e libertadora do Direito”, finalizou.